Marcos de Sertânia e a sua genuína expressão da realidade

“A CACHORRA Baleia estava para morrer. Tinha emagrecido, o pelo caíra-lhe em vários pontos, as costelas avultavam num fundo róseo, onde manchas escuras supuravam e sangravam, cobertas de moscas. As chagas da boca e a inchação dos beiços dificultavam-lhe a comida e a bebida.” Graciliano Ramos, Vidas Secas, 1938.

A personagem eternizada por Graciliano Ramos nos traz à tona uma realidade genuinamente brasileira. Não é apenas a história de uma cachorra que precisa ser sacrificada por conta da raiva, mas sim a miséria e o sofrimento de muitos brasileiros do sertão nordestino que precisaram deixar sua terra natal em busca de uma vida melhor. 

É nesta realidade que o artista Marcos Paulo Lau da Costa encontra a inspiração para as suas criações. Conhecido como Marcos de Sertânia, ele é um importante representante da escultura em madeira no Brasil. Nasceu em Sertânia, Pernambuco, em 1974, e vem de uma família tradicionalmente de agricultores e também artesãos, que tinham como principal atividade produzir utensílios domésticos e esculturas de boi. Marcos decidiu evoluir essa tradição, e começou a retratar figuras esqueléticas pela fome provocada pela seca, marcadas por dramaticidade e tristeza. 

FOTO: Daniela Nader

Marcos é da nova geração de mestres artesãos que revolucionaram a arte popular brasileira com seu estilo único e lírico sobre a realidade do nosso povo. As formas exageradamente alongadas das figuras, sendo até desproporcionais, revelam o lirismo existente nesse sofrimento que é tão real e, que nessas peças, parece tangível. O artista já experenciou pessoalmente a falta de recursos para se ter uma vida mais confortável quando era mais jovem, então consegue expressar genuinamente essa realidade em suas peças

Marcos já foi comparado a Cândido Portinari, que eternizou a cultura nordestina em seus quadros repletos de sentimento. Suas esculturas estão em diversas partes do mundo, em galerias e projetos de arquitetos renomados. 

Clique aqui e confira em nossa Loja Virtual as obras disponíveis de Marcos de Sertânia!

Gostou desse artigo? comaprtilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
Linkdin
Share on pinterest
Pinterest