Travessas para todos os gostos!

Produzir uma mesa bem bonita e receber amigos e familiares para uma refeição em casa é muito bom né?!

Escolher as louças, enfeites, vasilhas e detalhes fazem a diferença e até agregam um sabor mais especial tanto na comida quanto no momento. 

Mesa posta é mais do que uma refeição juntos, é o prazer de compartilhar alimento e tempo com quem a gente ama! 

Para te inspirar na hora de receber pessoas em casa com a mesa posta, fizemos uma seleção de peças entre travessa, cestinho e bowl feitos por mãos de artistas brasileiros de diferentes regiões do Brasil.

O artesanato vai enriquecer a experiência de mesa compartilhada e impressionar seus convidados!

Vale do Jequitinhonha

Impossível não identificar de cara a arte das mulheres do Vale do Jequitinhonha! De cerâmica, as travessas acima foram feitas pelas artesãs Tereza e Aline, respectivamente.

Acre

As vasilhas em látex são produzidas pela Etnia Huni Kuni, no Acre. 

Uma das características dessa etnia pe que cada um deles se autodenomina huni kuin, homens verdadeiros, ou gente com costumes conhecidos. Eles habitam a fronteira brasileira-peruana na Amazônia ocidental. 

 

Mato Grosso do Sul

Feito em cerâmica avermelhada,  a travessa de peixe é produzida pela etnia Terena, no Mato Grosso do Sul.

A cerâmica é feita com três tipos de argila e tem coloração e polimento peculiares. 

Peças tradicionais em cerâmica da etnia Kadiwéu, feita exclusivamente por mulheres que utilizam uma variedade de grafismos para decorá-las. Os pigmentos da pintura são conseguidos de areias e os detalhes são envernizados com a resina do pau-santo. 

Travessa de madeira feita por artesãos do estado do Mato Grosso do Sul.

Goiás

Tigela em cerâmica, em tom natural, feita por artesãos de Minas Gerais. 

Amazonas

Porta Pão Tuyuca, feita de fibra de piaçava por povos originários do Amazonas. O tingimento é natural com urucum e jenipapo, principalmente.

Mato Grosso

Potes de bichos feitos em cerâmica zoomorfa com pintura tradicional da etnia Waurá, do Mato Grosso. Os Waurá são grandes ceramistas, conhecidos pelas grandes paneças, chamadas Kamalupe. 

No Xingu somente os Waurá e Yudjá dominam o uso do barro na confecção de panelas, formatos e figuras zoomorfas. O tingimento é natural!

Gostou?

Acesse nossa loja virtual e escolha peças para compor sua mesa!

Gostou desse artigo? comaprtilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
Linkdin
Share on pinterest
Pinterest